Sylvia Colombo

Latinidades

 -

Sylvia Colombo acompanha o crescente intercâmbio cultural entre o Brasil e o resto da América Latina. No blog, traz novidades e tenta explicar o contexto político da região.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

“Me quiero ir!!”

Por Sylvia Colombo

[youtube 1DCLo-mP-bc]

O ministro da Economia argentino, Hernán Lorenzino, virou “trending topic” no Twitter hoje com a frase algo desesperada que soltou no ar para uma jornalista grega, que o questionava sobre a inflação: “Me quiero ir!!”. Assim. Nada menos.

Lorenzino estava explicando questões da economia atual da Argentina, sem mencionar a inflação. A jornalista, impassível, então diz: “Vou fazer uma pergunta que pode parecer complicada, de quanto é a inflação na Argentina hoje?”.

Visivelmente irritado, Lorenzino começou a defender a medição do Indec (IBGE argentino), sob intervenção do governo, que é questionada pelo FMI. A jornalista insiste e pergunta pelo valor real da inflação. Lorenzino responde que é de 10,2% _segundo consultoras privadas, é de mais de 25%. Ele então se embanana de uma vez, pede que a filmagem pare, que a entrevista seja interrompida, diz que não responderá mais nada e que gostaria que essa passagem em que se atrapalha fosse cortada. E conclui ao final: “Me quiero ir”.

O vídeo ainda mostra a jornalista sendo questionada por um assessor de Lorenzino, que lhe tenta explicar que falar da inflação argentina é “muito complexo”. Ao que ela responde: “Se eu não perguntar sobre esse tema, não estou fazendo meu trabalho direito.”

O assunto se espalhou pelas redes sociais e pela mídia, repercutindo durante todo o dia. Enquanto isso, a jornalista grega era celebrada pelos anti-kirchneristas. O governo, como é de costume, não se manifestou sobre a gafe do ministro, que já é tido como figura desimportante no governo, obscurecido pelo favorito de Cristina, o vice Axel Kicilloff.

 

Blogs da Folha