Futebol para todos

O último domingo foi de festa para o futebol argentino. Pela primeira vez desde que o River Plate voltou à primeira divisão, teve lugar o embate mais tradicional do Rio da Prata, o clássico Boca x River.

O jogo terminou empatado em 2 a 2 e foi transmitido por algumas televisões abertas, todas repassando o sinal do programa Futebol para Todos, da TV Pública. Paixão nacional, o futebol na Argentina também entrou no jogo político, e ver a partida sem reparar nas inúmeras propagandas do governo veiculadas durante seus 90 minutos era quase impossível.

Desde 2009, os torneios de futebol de primeira e segunda divisão, bem como as partidas da seleção argentina e os esportes olímpicos com a presença de atletas nacionais encontram-se “estatizados”.

O que no início tinha um princípio nobre –transferir a transmissão dos canais a cabo, inacessíveis a muitos, para os abertos, em alta definição– hoje se transformou em mais uma maneira de o Estado fazer anúncios de sua gestão e promover suas políticas.

Tudo começou em agosto de 2009, quando o governo pagou à AFA (Associação do Futebol Argentino) 600 milhões de pesos. O dinheiro, associado a uma manobra política, fizeram com que os direitos de transmissão dos campeonatos locais passassem do grupo Clarín (eram transmitidos pelo canal pago TyC) para a TV Pública.  

Desde então, essa é a emissora que transmite os jogos, sendo que outros canais podem comprar direitos mas têm de respeitar o pacote oferecido pelo Futebol para Todos, ou seja, os comentários e as propagandas originais. A publicidade oficial é agressiva, e os intervalos são usados para transmitir spots relacionados às batalhas do governo. O mais recente foi o que propagava o chamado “7D”, atacando o Clarín e chamando-o a enquadrar-se à Lei de Mídia.

Nos últimos três anos, o governo já injetou 4 bilhões de pesos no programa, e o orçamento para o ano que vem é, nada menos, que 72% mais alto do que o atual.

Não por acaso, os nomes dos torneios também foram se metamorfoseando. O tradicional torneio clausura de 2011 foi batizado de “taça Néstor Kirchner”, enquanto o abertura de 2012 virou “taça Eva Perón”. O nome do prêmio da temporada recebeu o título de “Evita Capitana”.

Aos poucos, o Futebol para Todos vem se tornando um poderoso braço do aparato de propaganda da Secretaria de Meios do governo. O escândalo fala por si só, o fato de o Estado colocar tanto dinheiro num negócio que já deveria ser lucrativo por natureza torna-se gritante num país com tantas carências. Sem opção, os torcedores argentinos têm de se submeter a assistir jogos coalhados de anúncios sobre os feitos do governo.

Já se foi o tempo em que o esporte se prestava a fins de propaganda nacionalista, vide os tempos do stalinismo. Submeter os torcedores argentinos a algo parecido, em pleno século 21, é no mínimo abusivo e antidemocrático.

Comentários

  1. you’re actually a just right webmaster. The web site loading speed is amazing. It kind of feels that you’re doing any distinctive trick. Also, The contents are masterwork. you’ve done a excellent activity on this topic!

  2. Immediately after study several of the blog posts on your webpage now, and I genuinely like your way of blogging. I bookmarked it to my bookmark website list and is going to be checking back soon. Pls check out my web web page as well and let me know what you believe.
    shoes jordans

  3. And yet i are not able to find out how intimidation is issues. Boys should try to learn to stick ascending on their own and whenever a parent grabs focused they start to get cajolled a step forward. A sexually transmitted disease have been a concern,Cycling cycling tops cheaper..

  4. S .|United states} earrings selling, inch as reported by Ladies Put on On a daily basis (WWD) Feb . 5, 2005), Jesse Yurman produces his or her primary foray to the heady planet regarding perfumes, together with Jesse Yurman ($165, step 2. 5oz) an exquisite combination regarding eye-catching enticing timbers, waterlily as well as patchouli intertwines.

  5. “Richie may honorary, Every un named player said a media press news reporter with regard to new mexico Herald. “Take part in assume you to know the truth merely you are not dunkle. Being a black colored girl, For a my honestly is a lot more about complexion.

  6. As the name Kodak was related to film and early photography and Leica was regarding early serious photography, real 35mm photography received its biggest boost through the Futebol para todos | Sylvia Colombo – Folha de S.Paulo – Blogs Nikon camera line as journalists and other professionals made great standby time with the line’s fine optics and multiple single lens reflex bodies also now ??????? 574 with image world turned digital Nikon still takes the lead.

Comments are closed.