Sylvia Colombo

Latinidades

 -

Sylvia Colombo acompanha o crescente intercâmbio cultural entre o Brasil e o resto da América Latina. No blog, traz novidades e tenta explicar o contexto político da região.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

A morte entre SP e Buenos Aires

Por Sylvia Colombo

O realizador argentino Eloy González viajou recentemente ao Brasil em busca de uma conexão para seu projeto teatral “Necrodramas – Sobre a Morte de Pessoas Jovens”, já realizado em Buenos Aires, retratando suicídios ou mortes trágicas de pessoas famosas e anônimos. Em São Paulo, encontrou nada menos que a história dos Mamonas Assassinas, banda de rock escrachada dos anos 90 que terminou com a morte de todos os seus integrantes num acidente de avião. E, por tabela, a do extinto jornal sensacionalista “Notícias Populares”, e suas famosas manchetes e fotos sangrentas. Decidiu transportá-las ao cenário.

O resultado da pesquisa poderá ser visto em novembro, quando a instalação com vozes de fotógrafos relacionados ao diário paulistano for apresentada junto a um ciclo de conferências. Além disso, González prepara o lançamento, em três cidades, Buenos Aires, São Paulo e Rio de Janeiro, do novo ciclo Necrodramas.

Em São Paulo, “La Liga de la Muerte” terá no elenco Luciana Caruso, Petra Costa e Pablo Lapadula. No Rio, a apresentação será feita na Favela da Maré e vai retratar a vida e a morte de um garoto de oito anos, vítima de uma bala perdida. “Será um pedido de justiça, pois a mãe do garoto, que forneceu todas as informações, nunca foi indenizada e vive em condições muito precárias”, diz González. Mais informações em www.necrodrama.com.ar.

 

 

Blogs da Folha