Gabo, 85

Gabriel García Márquez completa nesta terça-feira 85 anos. Não é seu único aniversário. Em 2012, são também 60 anos da publicação de seu primeiro conto (“La Tercera Resignación”), 45 de “Cem Anos de Solidão”, 30 do Prêmio Nobel de Literatura.

Para comemorar, a veterana editora e sua amiga Carmen Balcells lançará em formato de livro eletrônico e com a capa da primeira edição uma versão comemorativa de “Cem Anos de Solidão”.

Quando o livro completou 40 anos, visitei Aracataca, a cidade-natal de Gabo que deu origem à Macondo, do livro. Uma cidade pequena da região costeira da Colômbia, como tantas outras. Naquela época, o prefeito da cidade queria mudar o nome do local, para que passasse a se chamar Macondo de uma vez por todas. Os habitantes rejeitaram. Em sua terra, Gabo não é uma unanimidade. Há quem reclame que abandonou a cidade, que deveria ajudar a construir pontes ou outras obras.

A famosa casa em que viviam os avós do escritor e que inspirou a casa da família Buendía segue de pé, e é de ficar intrigada como um lugar tão simples e tranquilo propiciou o surgimento de tantas e tão desvairadas ideias no garoto que ali cresceu.

Nesta semana, os jornais espanhóis e latino-americanos já começaram a publicar loas e homenagens a este que, de fato, é um dos mais importantes escritores latino-americanos de todos os tempos. Esquecem-se, porém, de lembrar os pontos nebulosos da vida do autor, como o fato de até hoje ser um defensor de Fidel Castro e da ditadura cubana.

Ao contrário do peruano Mario Vargas Llosa, seu rival pessoal e literário, Gabo prefere a vida mais silenciosa, e escolheu morar no México e aparecer pouco ou nada na mídia. Sobre assuntos colombianos, não fala. Sobre literatura, tampouco. Há quase dez anos, começou uma autobiografia, “Vivir para Contarla”, que teria três volumes. Terminou, porém, apenas o primeiro, que conta sua infância e adolescência. Depois, abandonou o projeto. No livro, que é um de seus melhores, vemos que as pessoas e situações “mágicas” na verdade tinham todas raízes na realidade de fatos e pessoas que o Gabo menino conheceu. A infância parece ter sido a parte mais interessante da vida do escritor, tanto que ele não se animou a completar a autobiografia e chegar até os dias de hoje.

Seria interessante conhecer a opinião de Gabo hoje sobre as distorções do termo “realismo mágico”, cuja invenção é atribuída a ele. Assim como saber o que pensa dos jovens escritores que decidiram romper com essa tradição e retratar a América Latina urbana e moderna de nossos dias.

 

 

 

Comentários

  1. This is getting a bit more subjective, but I much prefer the Zune Marketplace. The interface is colorful, has more flair, and some cool features like ‘Mixview’ that let you quickly see related albums, songs, or other users related to what you’re listening to. Clicking on one of those will center on that item, and another set of “neighbors” will come into view, allowing you to navigate around exploring by similar artists, songs, or users. Speaking of users, the Zune “Social” is also great fun, letting you find others with shared tastes and becoming friends with them. You then can listen to a playlist created based on an amalgamation of what all your friends are listening to, which is also enjoyable. Those concerned with privacy will be relieved to know you can prevent the public from seeing your personal listening habits if you so choose.

  2. I was wondering if you ever considered changing the layout of your blog? Its very well written; I love what youve got to say. But maybe you could a little more in the way of content so people could connect with it better. Youve got an awful lot of text for only having one or two images. Maybe you could space it out better?

  3. I enjoy you because of every one of your labor on this web page. Debby loves engaging in investigations and it’s really easy to understand why. I know all relating to the dynamic ways you make rewarding solutions by means of this web blog and even attract contribution from people on the content then our girl is without a doubt learning a lot of things. Take advantage of the rest of the new year. You have been performing a first class job.

  4. Congratulations for posting such a useful blog. Your blog isn’t only informative but also extremely artistic too. There usually are extremely couple of individuals who can write not so easy articles that creatively. Keep up the good writing !!

  5. Pingback: iyi mi böyle
  6. Pingback: iyi mi böyle
  7. Pingback: iyi mi böyle
  8. Pingback: iyi mi böyle
  9. Pingback: SEO Writers
  10. Hey! I know this is kinda off topic but I was wondering if you knew where I could locate a captcha plugin for my comment form? I’m using the same blog platform as yours and I’m having trouble finding one? Thanks a lot!

  11. Apple now has Rhapsody as an app, which is a great start, but it is currently hampered by the inability to store locally on your iPod, and has a dismal 64kbps bit rate. If this changes, then it will somewhat negate this advantage for the Zune, but the 10 songs per month will still be a big plus in Zune Pass’ favor.

Comments are closed.