Sylvia Colombo

Latinidades

 -

Sylvia Colombo acompanha o crescente intercâmbio cultural entre o Brasil e o resto da América Latina. No blog, traz novidades e tenta explicar o contexto político da região.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

A difícil luta do PRI para sobreviver no México

As eleições presidenciais no México ocorrem apenas em julho de 2018. No próximo domingo, dia 4 de junho, porém, começa a principal batalha dessa disputa. Trata-se da eleição de governador do chamado Edomex, ou Estado do México, principal reduto eleitoral do país, com 11.3 milhões de eleitores e que há nada menos do que 88 anos(…)

México corre risco de ter apagão informativo, avisa ONG

Javier Valdez (1967-2017) não foi o primeiro, e dificilmente será o último. Segundo o mais recente informe da Article 19, ONG britânica de direitos humanos que se dedica a fazer levantamentos de crimes contra a imprensa, o repórter do semanário “Ríodoce” e do jornal “La Jornada” foi o sexto jornalista a ser assassinado neste ano.(…)

Mesmo com crise, mercado editorial argentino parece mais vivo que o brasileiro

Apesar de não existirem muitas estatísticas que possam oferecer uma comparação técnica precisa sobre a movimentação dos mercados editoriais do Brasil e da Argentina, alguns índices comuns permitem perceber que, apesar de ambos os países terem sido impactados fortemente pela crise econômica, os leitores argentinos permanecem sendo mais fieis ao hábito da leitura, comprando, frequentando(…)

Para tratar da violência, é preciso escapar da apologia ao criminoso, Jorge Franco

Jorge Franco nasceu na mesma Medellín de Pablo Escobar (1949-1993), líder do Cartel que encheu de sangue sua cidade por mais de uma década. Nesta quinta-feira (18), em palestra em São Paulo, no Instituto Cervantes, o escritor falará da relação entre violência e literatura e da difícil linha divisória entre ter o tema como inspiração(…)

Quiseram nos convencer de que só filmes em inglês eram cinema, diz Arturo Ripstein

“Eu nunca fui ajudante de Buñuel, mas como isso já está escrito assim na Wikipedia, não há mais o que possa fazer”, diz, com ironia algo tristonha, o cineasta mexicano Arturo Ripstein, 73, ao comentar sua biografia em palestra no último domingo (7), na livraria do Fondo de Cultura, em Buenos Aires. Ripstein conheceu, sim,(…)

Culturalmente, Brasil ainda é periférico, diz Nélida Piñon

Poucos dias depois de completar 80 anos, a escritora carioca Nélida Piñon exibe vitalidade ao caminhar por Buenos Aires e transitar pela Feira do Livro. “Conheço todo mundo aqui”, diz. Logo essa frase é confirmada, quando a entrevista com a Folha, no saguão do hotel Alvear, é interrompida porque María Kodama, viúva de Jorge Luis(…)

Farc iniciam fase democrática com crítica à Odebrecht

O processo de instalação dos ex-guerrilheiros das Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia) nas chamadas “zonas veredales” ou de segurança ainda não está completo, suas armas não foram totalmente entregues e seu partido político ainda não está formado nem registrado. Porém, as Farc já começaram a fazer propaganda de sua nova roupagem, a de um(…)

Blogs da Folha