Sylvia Colombo

Latinidades

 -

Sylvia Colombo acompanha o crescente intercâmbio cultural entre o Brasil e o resto da América Latina. No blog, traz novidades e tenta explicar o contexto político da região.

Perfil completo

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Por que Medellín é tão especial?

Em seu mais famoso relato de não-ficção, “Notícias de Um Sequestro”, Gabriel García Márquez afirma que os “paisas” (habitantes da região de Antioquia, cuja capital é Medellín) combinavam de uma forma muito particular “a reza e a parranda” (parranda significa festa, de modo geral). Aos brasileiros que se comoveram com a linda homenagem que o(…)

“A ideia de que as pessoas devem ser entretidas, e não informadas, é o mal de nosso tempo”, diz Julia Navarro

Julia Navarro, 63, escreve livros imensos e que vendem muito, algo que por si só já a faz uma exceção num mundo cada vez mais dominado pelas leituras ligeiras em pequenas telas. Verdadeiros “page-turners”, seus romances se localizam em diferentes momentos da história, mas não são exatamente romances históricos. A autora prefere defini-los como “uma(…)

México leva thriller sobre imigração ilegal ao Oscar

Assim como a Colômbia, que escolheu um filme sobre sua atual realidade política e social _”Alias Maria”, sobre uma guerrilheira das Farc_, o México também apresentará um de seus dramas contemporâneos como candidato a melhor filme estrangeiro no Oscar 2017. E o assunto não poderia ser mais premente, a imigração ilegal, uma das obsessões do(…)

Torre de Trump no centro de Buenos Aires cria saia-justa para Macri

Os meios argentinos estão em polvorosa desde que vazou um suposto conteúdo da conversa telefônica entre o presidente Mauricio Macri e o recém-eleito norte-americano, Donald Trump, com direito a uma breve intervenção de Ivanka Trump na conversa dos dois mandatários-empresários. Segundo informação de bastidores revelada pelo jornalista Jorge Lanata em seu programa dominical, “Periodismo Para(…)

Documentário traça vida de mulheres que alimentam imigrantes

Um documentário de arrancar lágrimas que voltou a entrar em cartaz aqui no México, depois de uma exitosa tour por festivais europeus, ilustra muito bem o aspecto humano do fenômeno da crise dos refugiados da América Central, tema de matéria que publiquei hoje na Folha Mundo. “Llévate Mis Amores”, que assisti ontem na incrível Cineteca Nacional, conta(…)

Macri e Trump, entre a amizade e uma saia-justa

O presidente argentino poderia ter comemorado mais que qualquer mandatário latino-americano a vitória do republicano Donald Trump, nas últimas eleições dos EUA. Além do perfil parecido _ambos herdeiros de fortunas e empresários_, os dois se conhecem há décadas, já fizeram negócios de valores milionários juntos, jogaram golf e almoçaram várias vezes em viagens de Macri(…)

“Vivemos na era da pós-verdade”, diz John Carlin

O articulista e jornalista britânico John Carlin havia escrito, há algumas semanas, o artigo “2016 – O Ano em que Vivemos Estupidamente”, no jornal “El País”, dizendo que, após o Brexit e a vitória do “não” na Colômbia, só o que restava era a eleição de Donald Trump para demonstrar que “os resultados eleitorais deste(…)

“Se Gabo dizia que Cem Anos era um vallenato, por que Dylan não pode ganhar o Nobel?”

Em conversa nesta quarta (26) com artistas de hip hop e dança de Cartagena, o escritor colombiano Juan Gabriel Vázquez disse que tinha “mixed feelings” (sentimentos mesclados, contraditórios) sobre a escolha do Nobel de Literatura deste ano para o cantor e compositor Bob Dylan. “É óbvio que a arte de Dylan é maravilhosa, que suas(…)

Blogs da Folha